6H de Watkins Glen:Líderes Derani e Nasr iniciam 2ª metade da temporada focados na briga por títulos

Brasileiros voltam a dividir a pilotagem do #31 Whelen Engineering Cadillac DPi-V.R com o norte-americano Eric Curran na prova, que também será válida pelo Campeonato Norte-americano de Endurance

A temporada 2019 do IMSA WeatherTech SportsCar Championship entra em sua segunda metade neste domingo (dia 30), quando será realizada a sexta etapa com a disputa das 6 Horas de Watkins Glen. A prova também será válida pelo Campeonato Norte-americano de Endurance, que inclui as quatro corridas longas do ano (Daytona, Sebring, Glen e Road Atlanta).

Líderes da temporada regular do IMSA, com 152 pontos – cinco de vantagem para o segundo colocado-, os brasileiros Felipe Nasr e Pipo Derani, da equipe Action Express Racing, terão em Watkins Glen a volta do companheiro Eric Curran, que já dividiu a pilotagem do #31 Whelen Engineering Cadillac DPi-V.R na conquista do segundo lugar em Daytona e na vitória em Sebring.

O trio também está na ponta do Campeonato de Endurance, mas empatado com Jordan Taylor e Renger van der Zande. Além da vitória em Sebring e do pódio em Daytona, Derani e Nasr também já levaram troféus este ano com o segundo lugar na etapa de Detroit.

Campeã do IMSA em 2018 com Nasr e Curran, a Whelen Engineering Racing quer lutar novamente pelo título no geral e também pelo terceiro título seguido no campeonato de endurance, o que estenderia o recorde da Action Express Racing nas quatro provas longas do ano, já que o time venceu os cinco campeonatos da história até aqui.

No ano passado em Watkins Glen, Nasr e Curran correram a lado de Mike Conway e terminaram na sétima colocação. “É uma pista incrível, um lugar especial dos Estados Unidos e é muito legal ter uma corrida de endurance de seis horas num circuito como este”, comentou Nasr.

“Não tivemos um resultado muito bom no ano passado, então fiquei pensando sobre essa prova por muito tempo e estou ansioso para voltar. Também estou feliz por ter o Eric novamente conosco. Vencemos da última vez que os três estiveram juntos, então espero que possamos repetir o resultado neste fim de semana”, destacou o brasiliense.

Derani também busca sua primeira vitória na pista, onde já correu três vezes e conquistou a pole position em 2017. “Estou bem animado para Watkins Glen, já que agora iniciamos a segunda metade da temporada em uma das melhores pistas e eventos do calendário”, ressaltou o tricampeão de Sebring.

“É uma prova longa e exaustiva em virtude do calor do verão, mas uma pista fantástica para se pilotar, com muitas curvas de alta velocidade. Felipe e eu teremos o Eric de volta para o Campeonato de Endurance e estamos muito otimistas para continuarmos na luta pelo campeonato”, disse Derani.

“Não será uma pista fácil para o nosso carro, mas vamos dar o melhor para lutarmos pela vitória”, completou o paulista de 25 anos.

As 6 Horas de Watkins Glen terão sua largada no domingo às 10h45 (de Brasília). O classificatório será no sábado (29), às 13h15. Os treinos livres acontecem a partir de sexta-feira (28).

Além dos brasileiros, a equipe Action Express Racing também disputa a temporada do IMSA com o #5 Mustang Sampling Cadillac DPi-V.R dos portugueses João Barbosa e Filipe Albuquerque. Em Watkins Glen, eles terão a companhia do britânico Mike Conway, que foi o segundo colocado nas 24 Horas de Le Mans há duas semanas.

Barbosa já venceu a prova de Watkins Glen quatro vezes. Na temporada, ele e Albuquerque já venceram em Long Beach e ficaram em terceiro nas 12 Horas de Sebring. Os dois estão em quarto lugar na classificação geral.