Gui Peixoto confirma evolução em Mid-Ohio com primeira pole e pódio em dose dupla

Brasileiro segue se destacando em seu ano de estreia na categoria e mostra muita velocidade na quarta etapa da temporada. Piloto marcou o total de 42 pontos e foi o segundo maior pontuador da rodada tripla

O fim de semana da quarta etapa em rodada tripla da Fórmula 4 Norte-americana, em Mid-Ohio, foi muito positivo para o jovem brasileiro Guilherme Peixoto, da equipe DEForce Racing. Depois de “bater na trave” na etapa passada, na Virgínia, o piloto subiu ao pódio pela primeira vez na categoria, em seu ano de estreia nos monopostos, e ele já veio em dose dupla, como dois terceiros lugares, além da conquista da pole position.

A etapa, que fez parte da programação da NASCAR no circuito de Mid-Ohio, começou com treinos livres na quinta-feira (8) e Gui Peixoto já apareceu entre os mais velozes no traçado de 3,6 km e 13 curvas. O brasileiro confirmou a boa performance com a conquista de sua primeira pole position na categoria na sexta-feira (9), quando registrou o tempo de 1:27.554.

Largando na frente na corrida 1, Gui optou por correr com os pneus usados no classificatório, deixando os pneus novos para a prova 2. A estratégia previa algumas bandeiras amarelas durante a disputa, o que reduziria a desvantagem do piloto para os concorrentes, com pneus novos. A prova, no entanto, foi toda em bandeira verde e Peixoto terminou em quarto lugar.

As bandeiras amarelas que “faltaram” na corrida 1, sobraram nas duas seguintes. Na segunda prova, ainda na sexta-feira, o pilotou largou em terceiro, chegou a ocupar a segunda posição, voltou para terceiro, mas com as bandeiras não teve tempo para lutar e subir mais posições. O terceiro lugar, no entanto, foi bastante comemorado pelo piloto, que subiu ao pódio pela primeira vez.

No sábado (10), os 22 pilotos da categoria voltaram para a pista, para a última corrida da rodada. E, mais uma vez, a prova foi marcada por bandeiras amarelas. Gui Peixoto largou em segundo e novamente foi ao pódio com o F-4 #99, chegando em terceiro.

Os bons resultados chegam para coroar a evolução do brasileiro na categoria. Gui marcou pontos em 11 das 12 corridas disputadas até aqui. Só nas três provas em Mid-Ohio foram 42 pontos e o piloto foi o segundo maior pontuador na disputa. Com o resultado, o brasileiro também subiu na tabela geral e está em sexto lugar no campeonato, com 79 pontos, e é o segundo melhor estreante.

“A etapa foi muito boa. Estivemos rápidos em todos os treinos, sempre andando entre os três primeiros e conseguimos a minha primeira pole. Foi uma volta muito boa, na última volta do classificatório. O carro estava perfeito e toda a equipe fez um grande trabalho”, destacou Gui Peixoto, de apenas 16 anos.

“Na primeira corrida, tentamos uma estratégia um pouco diferente, porque normalmente os pilotos colocam pneu zero. Desta vez, como eu estava largando da primeira posição, eu fui com os pneus da própria classificação. Tinha boas chances de dar certo, mas faltou um pouco de sorte. A gente esperava que tivesse muitas bandeiras amarelas, mas no fim não tivemos nenhuma. Arriscamos e ficamos em quarto”, explicou o piloto.

“Na segunda corrida, larguei em terceiro, com pneu zero e estava bem rápido. Mas teve bastante amarela e não tive tantas oportunidades de ultrapassar. E isso também aconteceu na terceira prova. Na verdade, foi até pior. Na segunda corrida, teve três bandeiras amarelas e, na terceira, teve quatro. Eu estava até mais rápido que os dois primeiros, mas não tive oportunidade para ultrapassa-los com tão pouco tempo de corrida em bandeira verde”, continuou o jovem piloto.

“Mas no geral foi um final de semana muito bom. Ainda tivemos algumas dificuldades, precisamos melhorar alguns pontos, mas já tive a oportunidade de andar em primeiro, a experiência de liderar corrida e acredito que estamos no caminho certo para brigar pela primeira vitória”, completou Gui Peixoto.

A quinta etapa da temporada da Fórmula 4 Norte-americana acontecerá nos dias 13, 14 e 15 de setembro, em Sebring.