Indy: Matheus Leist faz boa prova em Barber e é destaque entre estreantes e pilotos Chevrolet

Matheus Leist faz boa prova em Barber e é destaque entre estreantes e pilotos Chevrolet

Piloto gaúcho largou de 21º, fez boa corrida de recuperação e terminou em 12º lugar na prova que começou no domingo, sob muita chuva, e terminou nesta segunda-feira em Barber

A quarta etapa da Indy marcou a primeira corrida de Matheus Leist em um autódromo permanente na categoria. No circuito de Barber, no Alabama, o piloto gaúcho conseguiu ser o segundo melhor estreante do final de semana, terminando em 12º lugar na classificação geral com a AJ Foyt, após ter largado de 21º no grid, e o terceiro melhor Chevrolet, atrás apenas de dois carros da equipe campeã Penske.

A corrida começou na tarde deste domingo, mas foi marcada por um temporal que caiu na região do circuito ainda nas primeiras voltas. Após várias interrupções com bandeiras amarelas e vermelhas, a prova somente foi concluída nesta segunda-feira. A relargada aconteceu com pista seca, mas nas últimas voltas a chuva voltou a ser protagonista em Barber.

“Nós tivemos um grande progresso dos primeiros treinos em Barber até o resultado final da corrida hoje, por isso estou feliz com o resultado. O carro estava bom na pista seca com os pneus vermelhos (macios), então tivemos um bom ritmo durante a maior parte da corrida hoje. Infelizmente, tanto ontem quanto hoje, quando choveu nosso carro não rendeu, estava muito difícil de segurá-lo na pista e não era possível acelerar até onde eu queria”, diz Leist.

Campeão da F-3 Inglesa em 2016 e vencedor de três etapas da Indy Lights em 2017, Leist foi o terceiro melhor colocado com carro Chevrolet na prova, somente atrás das Penske de Josef Newgarden, vencedor da prova e atual campeão, e Simon Pagenaud, campeão de 2016 da Indy. No final, Leist destacou a importância de estar competindo contra pilotos consolidados e campeões da Indy no GP do Alabama.

“Cheguei a estar disputando posições no top-10 com o (Simon) Pagenaud e o (Scott) Dixon, então significa que certamente tivemos uma evolução da etapa passada para essa. Se olharmos onde começamos o final de semana nos treinos livres e no classificatório, nós podemos analisar que foi uma boa corrida. Estou feliz pela equipe AJ Foyt e por mim, mas agora vamos trabalhar fazer melhor em Indianápolis”, diz Leist, que faz parte do time Cimed Racing, a maior plataforma de apoio ao automobilismo brasileiro com 15 pilotos em seis categorias do esporte a motor.

A etapa no circuito misto de Indianápolis será realizada em 12 de maio (sábado).