Mazda Road to Indy selecionará kartista brasileiro em junho na Granja Viana

Será a terceira vez que um piloto do país poderá participar do shootout no final do ano nos Estados Unidos e concorrer ao prêmio de 200 mil dólares

A terceira edição do Mazda Road to Indy no Brasil já tem sua data definida. Este ano, a disputa pela vaga para representar o país na final do shootout nos Estados Unidos acontecerá dentro do Open do Brasileiro de Kart, no dia 23 de junho, no kartódromo da Granja Viana, em Cotia (SP). O vencedor do shootout fatura o prêmio de 200 mil dólares que equivale à temporada completa na USF2000, o primeiro degrau para os pilotos que sonham chegar à Fórmula Indy.

Poderão concorrer à vaga na Granja Viana os pilotos da categoria Graduados com idade entre 15 e 24 anos. Em 2016, o paulista Marcel Coletta foi o representante do Brasil na final, com apenas 15 anos, e, no ano passado, o carioca Olin Galli chegou bem próximo do título, ficando entre os cinco primeiros. A decisão em dezembro reunirá pilotos do mundo todo e é realizada com os carros da Fórmula Mazda, com motores de 150 cavalos.

“O Open do Brasileiro de Kart vai atrair os melhores pilotos do país e será o palco perfeito para selecionarmos o competidor que representará o Brasil no final do ano nos Estados Unidos. Os pilotos inscritos na categoria Graduados, com idade permitida pelo regulamento, já estarão automaticamente concorrendo à vaga na final mundial”, conta Paulo Carcasci, representante do Mazda Road to Indy no Brasil, organizador e responsável técnico pelo evento no país.

“No ano passado, o Olin chegou muito perto do título do shootout e da chance de iniciar sua carreira no Road to Indy. A cada ano, o evento ganha mais destaque, atraindo pilotos do mundo todo. E a razão disso está no fato de ser um projeto único, onde um piloto pode dar sequência a sua carreira dependendo apenas do seu talento e resultados. Ele começa pela USF2000 e, se vencer a categoria, ganha a temporada na Pro Mazda, depois Indy Lights, até chegar à Indy”, lembra Carcasci, que é heptacampeão brasileiro de kart, campeão europeu de Fórmula Ford, campeão da F-3 Japonesa, além de vencedor da Gold Cup na F-3000, e que atualmente é coach de pilotos.

Carcasci, que estará nos Estados Unidos este final de semana acompanhando a etapa de Alabama, também destaca a retomada do interesse de jovens pilotos brasileiros pelos campeonatos na América do Norte. “Este ano temos a novidade do Matheus Leist na Fórmula Indy, depois de uma campanha vitoriosa na Indy Lights. Temos o Victor Franzoni, que venceu a Pro Mazda no ano passado e agora está na Indy Lights, além do Carlos Cunha na Pro Mazda e o Lucas Kohl e a Bruna Tomaselli na USF2000. Temos uma história vitoriosa na Indy no passado e um futuro que tem tudo para ser brilhante também”, completa.

O Mazda Road to Indy é um dos projetos mais bem sucedidos para a formação de pilotos no mundo. A Mazda passou a dar seu nome ao projeto em 2010 e desde o seu lançamento pilotos de diversos países já passaram pelas competições. Austrália, Brasil, Canadá, China, Colômbia, Finlândia, Irlanda, Coréia, México, Holanda, Noruega, Filipinas, Espanha, Grã-Bretanha, Venezuela e Zimbábue já tiveram representantes no grid, mostrando seus talentos em circuitos mistos, de rua e ovais nos EUA.19