Novo piloto Crown e W2, Daniel Mageste acumula vitórias nas pistas e nos simuladores

Campeão da seletiva na plataforma Automobilista tem títulos no kart, pole e vitória na F-Inter e já competiu de Sprint Race

O plano era recrutar um especialista em automobilismo virtual.

Mas a vitória de Daniel Mageste na seletiva das equipes Crown e W2 Racing na plataforma Automobilista trouxe para as multicampeãs equipes da Stock Car e Stock Light um verdadeiro “racer”, um competidor com quilometragem -poles e vitórias- também nos carros de corrida.

A trajetória do piloto de 34 anos natural de Volta Redonda (RJ) sempre esteve associada à velocidade. Desde menino, ele era figura fácil no kartódromo da cidade, assistindo corridas e circulando no box.

O dinheiro era curto para queimar combustível e pneus na pista, então na adolescência ele mergulhou nos games de automobilismo. Começou com 15 anos de idade em jogos de computador -e nunca mais parou.

Mas o sonho de pilotar um carro em Interlagos sempre esteve vivo e, quando começou a trabalhar, conseguia fundos para fazer uma corrida por mês de kart indoor na cidade.

A paixão pelo esporte só fez crescer, e Mageste então começou a recrutar amigos em Volta Redonda e região para organizar baterias no kartódromo. Chegava com grupos de 10 a 15 pilotos para correr e ganhava a participação na prova como cortesia. Nesse ritmo, chegou a levar 60 clientes por mês para a pista.

A experiência nos simuladores ajudou o desenvolvimento no kart. Daniel dominava com facilidade as provas de indoor e chamou atenção de um empresário que tinha acabado de comprar um kart. Foi convidado para ingressar no time, com inscrição no estadual e filiação à federação bancadas pelo amigo. Parcelou a compra do motor e fez sua primeira corrida na categoria F4 em 2010. Venceu a prova e terminou o campeonato em terceiro.

Em 2011 o patrocínio durou meio campeonato. Correu 7 das 10 etapas e, por falta de recurso, largou o campeonato enquanto era o primeiro na classificação.

Com a criação da Fórmula Inter, veio a chance de realizar o sonho de correr em Interlagos. A categoria tinha um pacote de benefícios para o piloto que mais conseguisse engajamento em vídeo na internet. Com a mesma determinação do adolescente que angariava amigos na cidade para formar grid em bateria de kart indoor, mobilizou gente e foi eleito o piloto mais popular do processo seletivo da categoria.

Assim entrou no grid da Fórmula Inter e foi acelerar de monoposto em Interlagos. Foram duas poles e duas vitórias na categoria, mostrando que o dono de 10 títulos nacionais nos simuladores pode entregar resultados também no asfalto.

No ano passado, veio a primeira oportunidade em carros de turismo -e também a primeira corrida internacional. Competiu em Rivera (Uruguai) a Guest Driver Race da Sprint Race.

Agora piloto Crown e W2, Daniel Mageste sonha alçar voos mais altos.

E mais rápidos.

O que ele disse:

“Sou apaixonado por corridas e sempre lutei muito para realizar meus projetos no esporte. O automobilismo virtual está muito forte na minha vida há mais de 18 anos e me orgulho do que consegui nos simuladores. A oportunidade proporcionada pelas equipes Crown e W2 é única e fico muito contente em integrar times tão vencedores. Estou muito ansioso para conviver com meus novos companheiros e acompanhar seu trabalho na pista. E, claro, se surgir a oportunidade de acelerar um de seus carros, estarei pronto para contribuir sempre”

Daniel Mageste