Pipo Derani disputa etapa canadense ao lado de Ryan Dalziel

Após problemas com motores nas 6 Horas de Watkins Glen, Tequila Patrón ESM terá apenas um de seus carros na prova deste domingo

Pipo Derani correrá ao lado de Ryan Dalziel em Mosport Park (BigTom O'Connor)

(BigTom O’Connor)

Brasileiro espera brigar por bom resultado (BigTom O'Connor)

(BigTom O’Connor)

O brasileiro Pipo Derani volta às pistas neste domingo (dia 8) para a sétima etapa da temporada 2018 do IMSA WheaterTech SportsCar Championship no Canadian Tire Motorsport Park, em Ontário, no Canadá. Nesta prova, o brasileiro terá como companheiro o escocês Ryan Dalziel, a bordo do #22 Nissan Onroak DPi da Tequila Patrón ESM.

Os treinos na veloz pista de 2,459 milhas (quase 4 km) terão início nesta sexta-feira. No sábado, o classificatório está previsto para as 14 horas (de Brasília) e, no domingo, a prova terá sua largada às 15h05 (de Brasília), com 2h45 de disputas.

A decisão da equipe em ter apenas um carro na prova canadense veio após os problemas enfrentados pelo time nas 6 Horas de Watkins Glen, domingo passado. Logo na largada, um carro rodou, provocando um acidente e causando danos nos dois carros do time. No carro de Derani, o francês Nicolas Lapierre precisou ficar 11 voltas parado nos boxes para os reparos. Os dois carros da equipe ainda voltaram para a disputa, mas acabaram sofrendo com falhas nos motores e abandonaram.

Sem muito tempo para os reparos até a corrida deste domingo, a Tequila Patrón estará apenas com um carro em Mosport Park. Apesar dos problemas em Glen, Derani segue motivado e espera voltar a brigar por mais vitórias pela equipe, para repetir a sensacional conquista das 12 Horas de Sebring, em março passado. Outro motivo que anima o time é o pódio em Mosport no ano passado com Dalziel e Scott Sharp, que chegaram em terceiro.

“Estou definitivamente triste pelo que aconteceu nas 6 Horas de Watkins Glen. Gostaria de agradecer a cada membro da nossa equipe, mas especialmente aos mecânicos pelo trabalho duro que fizeram. Eles tiveram de trocar o motor três vezes durante o fim de semana e isso não foi fácil, considerando o forte calor que estava na pista”, destacou Derani, de 24 anos.

“Espero que eu e o Ryan possamos conquistar um ótimo resultado no Canadian Tire Motorsport Park, que será a nossa primeira corrida juntos desde Watkins Glen no ano passado, para darmos alegria para a nossa equipe”, completou o brasileiro.